origem

domingo, 12 de agosto de 2007

Já Foste Tarde...


Eu sei que vou ser criticado por muitos, mas pouco me importo, pois cada um tem a sua opinião em relação a este indivíduo e eu também não fujo à regra, como tal aqui vai a minha:

Foi para mim o jogador mais regular das últimas temporadas. Em suma, o melhor jogador do Benfica.
Carácter?! O que é isso?! Chegou a Lisboa com ranho no nariz, proveniente de uma terra de pessoas humildes, trabalhadoras e com princípios. No Sporting deram-lhe banho e limparam-lhe o ranho que trazia pendurado. Ensinaram-no a jogar futebol, mas esqueceram-se de lhe transmitir os valores morais com que um homem se rege para o resto da vida: Educação, Honestidade, Reconhecimento, Palavra.
Desde que chegou de Barcelona começou por se “esquecer” do pagamento de um LCD ao respectivo proprietário e teve que ser recordado de forma “diferente” o que fez com que saldasse a dívida de forma imediata. A famosa discussão pela posse da braçadeira de Capitão do Benfica. Barrado à porta da discoteca “Kapital” em véspera de um Sporting-Benfica -na era de Camacho-. A sua relação com os vendedores de automóveis usados, exibindo a excentricidade semana após semana com viaturas... usadas. A birra sobre quem detinha a melhor viatura do balneário encarnado. Segundo sei, haviam de ver a cara deste rapaz quando soube que o grande e nobre Fabrizio Miccoli se apresentou com o seu Lamborghini Gallardo... Ok, é certo que o Bentley e o Lamborghini são viaturas completamente diferentes... A intercepção policial e respectiva coima por falta de seguro automóvel sobre uma viatura importada. “Coima?! O quê?! Mas você não me conhece?! Eu sou o Simão Sabrosa!” “-Ainda por cima... O sr. com a sua posição devia era dar o exemplo.” Retorquiu o agente autuante.
Sempre ele nos flash-interviews com aquele ar de benzoca mal disfarçado e com a boca de lado a falar do género: “Oh Salvador tá a ver?!” típico das famílias cascalenses.
Sempre ele nas conferências de imprensa. Sempre ele a marcar os cantos. Sempre ele a marcar os livres. Sempre ele a marcar os penáltis. Pouca efusividade quando os seus companheiros marcavam golos. Ainda me recordo da birra que este cavalheiro fez depois de marcar o penálti decisivo que deu a vitória e consequente apuramento para a eliminatória seguinte da Taça de Portugal frente ao Nacional na era de Koeman: Correu que nem um desalmado, amuado em direcção ao balneário e só não conseguiu os seus intentos, porque foi “placado” pelo grande e nobre Nuno Gomes e pelo Nélson que ainda assim conseguiram disfarçar a birra do Sr. Simão. E para terminar deixo aqui esta pérola bem fresquinha sobre este “simpático” rapaz de Constantim.

9 comentários:

Rui Miguel Soares disse...

é pá o Pedro Miguel Ramos, agora que a fernanda esta outra vez gravida do produtor, tu dedicas-te só a escrever merdas.
Colar o nome de um bar chunga ao nome do grande Benfica, não fica bem.
Este topico sobre o Simão cheira-me em tudo a azia e isso é do outro lado da 2ª circular.
O Simão é certo que em tempos se vestia mal e não sabia o que era uma bola, foi para barcelona, mas quem lá estava não entendia nada de diamantes em bruto.
O grande Simão só nasceu quando começou a jogar pelo Benfica, foi aqui que foi a sua verdadeira escola de formação. Foi um grande jogador, deu sempre provas disso, deu muitos golos e muitas vitorias ao clube.
Fez birras ? Fez, pois quem ama um clube assim, tb sofre.
Saiu agora, porque tinha de sair agora, um ano mais tarde e já só seria possivel por 15M, uma grande diferença estas a ver.
Foi para o Atletico ? Foi. Já viste o actual plantel do Atletico ? Metade deles deviam estar a jogar no Benfica, um plantel ambicioso.
Agora só peço uma coisa, que daqui a 4 anos o Simão regresse a Luz para voltar a envergar a braçadeira de capitão, nada mais.

Anónimo disse...

Epah oh rui blá blá blá,quem ama um clube faz birras?! Oh amigo, mata-te! Sabes lá tu o que é ser do Benfica.
Mas ca ganda artolas.

Rui Miguel Soares disse...

Caro Anonimo, ser do Benfica é dar a cara e estar lá no estadio, tal como num casamento, nos melhores e piores momentos.
Roi-te de inveja azia.

Kokas disse...

Sabem lá vocês o que é um viveiro de estrelas! Aprendam mas é connosco que assim vão continuar a chorar por gajos como o Simão que delagarto de coração passou a vosso capitão!

Anónimo disse...

não foi tarde,não senhor!Não sejam mal agradecidos!Pena q as pessoas tenham a memória curta.Oultimo campeonato foi ganho graças ao Simão,ele tem carregado com a equipedesde q entrou no Benfica,secalhar em certas alturas não agiu com a melhor maturidade e humildade mas daí a nos esquecer-mos do que nos deu o SIMÃO?Bem hajas,que voltes ao meu Benfica o mais rapido possivel,jogadores como tu ha poucos!Meus amigos critiquem o Manel fernandes esse sim um ingrato,matamos-lhe a fome e foi o que se viu(que arda no inferno ).

Anónimo disse...

Devias ter vergonha ao escrever tanta mentira junta.

Bruno disse...

Já não é a primeira vez que leio ou oiço alguns comentários do género em relação ao Simão.
A verdade é que o Simão foi um atleta do Benfica que muito ajudou o clube. Em momentos em que o Benfica não tinha soluções para resolver um jogo lá aparecia o Simão. Nessas alturas nunca ouvi nenhuma crítica...
Apesar de ter sido um jogador das escolas do Sporting, sempre revelou um grande orgulho em envergar a camisola e a braçadeira de capitão do Benfica.
Não sei se tudo o que aqui foi escrito é verdade. Vi de facto algumas atitudes menos correctas da parte do Simão. Por exemplo no Mundial 2006 quando o Mantorras foi totalmente ignorado quando tentava cumprimentá-lo ao ser substituido. Penso que atitudes destas não dignificam de modo algum o jogador.
A minha opinião é que o Benfica perde mais do que ganha ao ter vendido este excelente jogador, visto que perde dois dos seus mais influentes jogadores do ataque, Simão e Miccoli.
Quanto ao Atlético de Madrid, penso que foi uma escolha essencialmente monetária...
Cumprimenntos Benfiquistas!

LF disse...

Também eu já tinha ouvido algumas histórias do género.
Mas para mim o que importa são "elas lá dentro", e Simão foi o melhor jogador do Benfica da última década.
Os aspectos pessoais pouco me importam, pois muitos dos outros jogadores, por vezes com uma imagem pública imaculada, são iguais ou piores.

antivermelho visceral disse...

Um burmelho a dizer tantas verdades e tão mesquinhas sobre o "ai jesus" da vermelhada! É de pasmar! Então ele não era quase como que a segunda encarnação de cristo? Pois é, com capitães assim, com estas "qualidades" todas depois admirem-se de ganhar 1 campeonato de 10 em 10 anos ou coisa parecida! Depois a culpa é do melhor presidente de sempre do futebol mundial! Pobres capangas do gang da ave de rapina!